sexta-feira, 29 de abril de 2011

Ele em silêncio...

Por que andas tão silencioso?
Gosto de ouvir sua voz...
Eu pergunto, questiono e nada... só o seu silêncio me parece fazer companhia
Tenho certeza que não me abandonaste
Estás só a observar... quieto, calado
É que eu estou com saudade... saudade da sua voz.... doce e suave...


Bianka Jones





"Me leva onde eu posso ouvir sua voz... aos teus pés..."

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Ao meu All Star



Estranho seria se eu não me apaixonasse por você
O sal viria doce para os novos lábios
Colombo procurou as índias, mas a terra avistou em você
O som que eu ouço são as gírias do seu vocabulário

Estranho é gostar tanto do seu all star azul
Estranho é pensar que o bairro das Laranjeiras
Satisfeito sorri quando chego ali e entro no elevador
Aperto o 12 que é o seu andar
Não vejo a hora de te reencontrar
E continuar aquela conversa
Que não terminamos ontem
Ficou pra hoje

Estranho, mas já me sinto como um velho amigo seu
Seu all star azul combina com o meu preto de cano alto
Se o homem já pisou na lua, como eu ainda não tenho seu endereço?
O tom que eu canto as minhas músicas para a tua voz parece exato...

All Star - By Nando Reis




Tenho ele desde dos 17 anos... :)

terça-feira, 26 de abril de 2011

Meu Girassol



Gostava de tudo como era antes
De como nos encontrávamos sempre no corredor
De ouvir suas orações na porta do seu quarto
De ser surpreendida por sua presença parada na minha porta
Da sintonia dos olhares e pensamentos
Da cumplicidade dos finais de semana
Do tempo que não parecia passar

Mas ele está passando
Passando e rápido querida amiga...


Bianka Jones


à Marcela Gouveia

segunda-feira, 25 de abril de 2011

À você...


À você que desestruturou o que parecia estruturado
Desequilibrou o que parecia equilibrado
Que trouxe à tona o que parecia estar resolvido
Despertou aquilo que parecia dormir...

À você que me colocou de frente comigo mesma
Despertou aquilo que eu sufocara e enterrara
Que ressuscitou o fantasma
Fez-me encontrar com aquilo que me assombrava
Que eu teimava em admitir que não mais incomodava...


Eu sei que agora só me resta enfrentá-lo
Não tem sido fácil
É difícil trazer à memória as situações vividas
E algumas palavras proferidas...


É verdade que tens me ajudado
Mas acreditar em suas palavras é um pouco complicado
Não porque acho que mentes a mim
Mas por todas as pessoas que já agiram assim...

E eu só te peço paciência
Talvez um pouco de complacência
Para quando eu precisar de você
Você esteja pronto para me acolher...


Bianka Jones


[À  R.A.]

terça-feira, 12 de abril de 2011

Doce lembrança

6 anos sem ela...
Sem vê-la morder a lingua enquanto fazia crochê...sem vê-la com a mão na cintura enquanto fazia tapioca quentinha pra nós...sem vê-la com os óculos na ponta do nariz enquanto lia a Bíblia...sem vê-la brigando porque bagunçávamos seu quintal... 
Saudades vovó...


Bianka Jones
Você foi e é um exemplo de mulher pra nós! Mulher guerreira e batalhadora, que apesar de tantas dificuldades enfrentadas conseguiu superar todas e formou uma família abençoada e dentro dos princípios cristãos...para sempre estará viva em minhas doces lembranças!

"Just A Dream" by Nelly - Sam Tsui & Christina Grimmie

...

"Abrir mão não quer dizer que eu não queria... Foi necessário..."