quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Socializar




E só quem tem papel social
É mesmo a sociologia?
Você desempenha um pouco de cada coisa
Cada coisa que nem imagina

Você pode ser pai, mãe, tio e tia
Madrinha, agregado, sobrinho e prima
E sempre cabe mais um
Quando o negócio é da família

Estudante, vendedor, nordestino e eleitor
Amigo, cidadão, empresário e sacristão
São tantos os papéis
Cada um com sua função

Você pode estar distante
E ao mesmo tempo perto
Você pode estar perto
E ao mesmo tempo distante
Tudo vai depender
Dessa antítese constante

Papeis que nos unem e nos separam
Papeis que nos completam e nos afastam
Papeis que desempenhamos e não damos conta
Papeis que são bonzinhos
Papeis que são do contra

Biótipos e estereótipos
Tolerância e respeito
Tudo se encaixa nos papeis
Sempre há um jeito

E pra finalizar essa história comprida
E um tanto importante
Eu só queria lhe dizer
Que quanto mais você foge de um papel
Ele corre para você


A professora de Sociologia pediu-nos para criarmos algo 'cultural' usando o tema que mais nos chamou a atenção na matéria. Escrevi então esse texto com os papeis sociais, pois foi um tema que gostei muito de ter estudado. Enjoy... =)

Um comentário:

  1. Valeu, Bi, sua veia literária melhora a cada dia. Bjus no coração...

    ResponderExcluir